O controle dessas aves e mamíferos é feito através da criação de restrições, pois sua eliminação é proibida pelos órgãos fiscalizadores do meio ambiente. Desta forma, serão utilizados os seguintes métodos:

  • Identificação dos locais de moradia e procriação;
  • Remoção dos ninhos, filhotes e sujidades;
  • Eliminação de parasitas e piolhos, fungos e bactérias que proliferam em função do acúmulo do resíduo de suas fezes;
  • Aplicação de gel repelente;
  • Utilização de assustadores de alta frequência;
  • Campanha Educativa – Conscientização através de palestras e informativos. Frequência das Aplicações

Visando uma melhor adequação das medidas de controle, levando-se em consideração à atividade exercida pela empresa e suas condições estruturais, serão realizados monitoramentos com periodicidade SEMANAL, QUINZENAL ou MENSAL. Esta periodicidade é a mais indicada para que haja um período adequado entre uma aplicação e outra, desta forma, controlando o ciclo de reprodução das pragas, garantindo maior eficácia e prevenindo possíveis infestações.